Gerente de futebol do River é preso por assassinato de ex namorada

TERESINA- O gerente de futebol do River-PI, João Boiadeiro, foi preso na madrugada desta quarta, em Teresina, por ser acusado de ter assa...


TERESINA- O gerente de futebol do River-PI, João Boiadeiro, foi preso na madrugada desta quarta, em Teresina, por ser acusado de ter assassinado com dois tiros a ex-namorada Alean Mendonça Barbosa no dia 25 de março de 2006, em Anápolis, no interior de Goiás. O empresário assumiu há pouco mais de um mês o departamento de futebol do Galo Carijó e foi abordado pela equipe da Polícia Civil do Piauí durante o embarque da delegação sub-19 do clube que vai disputar a Copa São Paulo. A estreia do time é no domingo contra o Atlético-MG, em Bragança Paulista.

Boiadeiro foi apresentado como gerente de futebol do River-PI ao lado do técnico Zé Teodoro (Foto: Renan Morais)

A Secretaria de Segurança Pública do Piauí cumpriu mandado de prisão pelo crime cometido há nove anos. Réu confesso, João Alves da Silva Júnior chegou a cumprir dois anos de pena, mas foi solto para responder o processo em liberdade. Condenado a 18 anos de regime fechado, Boiadeiro foi conduzido à Central de Flagrantes de Teresina, onde ficará à disposição da polícia. O gerente de futebol deve ser recambiado após solicitação da Justiça de Goiás.

- Ao ser abordado o suspeito não negou o crime e disse que desconhecia a existência de um novo mandado de prisão. Comentou que estava arrependido e que já cumpriu pelo crime que cometeu, mas isso não aconteceu, pois ele não tinha sido sentenciado ainda, apenas tinha sido posto em liberdade enquanto o processo corria – explicou Daniel Pires, delegado do núcleo de inteligência da Polícia Civil do Piauí.

                                 (Foto: Renan Morais)

Ainda de acordo com o delegado, a versão contada pelo acusado é que uma dívida de R$ 160 mil contraída pela vítima motivou o crime. João Boiadeiro disse à polícia que emprestou a quantia a ex-namorada e que uma série de cobranças originou uma discussão entre ambos.

Anunciado no River-PI dia 8 de dezembro, o gerente foi responsável pela contratação das seis novidades do Galo Carijó para a disputa da Série C do Campeonato Brasileiro: João Paulo (atacante), Daniel Piauí (atacante), Sandro Costa (meia), André Beleza (meia), Gilson Tussi (volante) e Marquinhos (lateral-esquerdo). A diretoria tricolor confirmou a permanência de Boiadeiro no cargo.

    (Foto: SSP-PI)

- Estava respondendo o processo em liberdade e não se apresentou às audiências da Justiça lá em Goiás. Os advogados particulares dele estão cuidando do caso, e ele terá este período de virada de ano para resolver questões pessoais. Continua sendo gerente de futebol do River-PI e não será desligado em primeiro momento - garantiu Júlio Arcoverde, vice-presidente do clube.

Por meio de nota, o River-PI garantiu que vai acompanhar de perto o desenrolar do caso e espera que Boiadeiro resolva a situação.

Fonte: Gilcilene Araújo do G1 Piauí.

Veja também

TERESINA 5628752397418525479

Postar um comentário

Últimas Notícias

item