A tradição do reisado em São João da Canabrava

SÃO JOÃO DA CANABRAVA – Hoje, 06 de janeiro, é comemorado o Dia de Reis, que segundo a tradição cristã, seria aquele em que Jesus Cristo re...

SÃO JOÃO DA CANABRAVA – Hoje, 06 de janeiro, é comemorado o Dia de Reis, que segundo a tradição cristã, seria aquele em que Jesus Cristo recém-nascido recebera a visita de "alguns magos do oriente" (Mateus 2:1) que, de acordo com o hagiológio, foram três Reis Magos, e que ocorrera no dia 6 de janeiro. 

Tradição do reisado é passada de pai para filho. (Crédito: Rosário Sousa)
A data marca, para os católicos, o dia para a veneração aos Reis Magos, que a tradição surgida no século VIII converteu nos santos Belchior, Gaspar e Baltazar. Nesta data, ainda, encerram-se para os católicos os festejos natalícios - sendo o dia em que são desarmados os presépios e, por conseguinte são retirados todos os enfeites natalícios.

No município de São João da Canabrava a família do senhor José Valdivino persiste em manter viva a tradição do Reisado, uma dança que envolve personagens folclóricos da cultura nordestina. O Portal Canabrava News visitou a casa do agricultor e conversou com ele sobre a Festa do Dia de Reis. 

O senhor José Valdivino, 53 anos, começou a “dançar o Reis” aos seus 15 anos, uma tradição de família que vem a herança de “brincante de Reisado”, passada de seu pai Antônio Valdivino (In memoriam) para seus filhos.

Naquela época, quando seu pai ainda era vivo, brincavam também o Senhor Ricardino (In memoriam) Chico Rocha (In memoriam) e Antônio Justino, que eram os seus parceiros de reis. No início, José conta que brincava com o Boi, depois de algum tempo começou a tocar no reisado, ele desta que ainda as figuras do reisado. “Além do boi, a gente tem a Burra, Moreira, Sariema, Cumbuca de Fogo e depois vinha o Joaquim”, acrescentou.

Segundo o seu José Valdivino, nas últimas décadas a tradição vem sido esquecida pelos mais novos, e as apresentações ficaram raras, geralmente o grupo se apresenta em feiras culturais nas escolas ou festas particulares. 

“Hoje o Reis está parado, o interesse das pessoas não é mais como antes, depois dessa tecnologia as pessoas esquecem suas raízes e seus costumes.  Uma festa muito bonita onde reunia famílias de muito longe para cantar o reis”, lamentou.

Para quem gosta de assistir à festa, no mês de junho deste ano será gravado um DVD de um reisado, o local da apresentação será divulgado em breve. 

“Vamos reunir os caretas para a gravação de um DVD para ficar na memória e não esquecer a nossa tradição”, afirmou.




Reportagem: Rosário Sousa
Edição: Antonio Rocha

Veja também

NOSSA GENTE 6346305514103797898

Postar um comentário

Últimas Notícias

item