Secretaria de Saúde mobiliza população contra a dengue

SÃO JOÃO DA CANABRAVA- A Secretária de Saúde de São João da Canabrava realizará nesta semana o projeto “10 minutos contra a Dengue”, com f...

SÃO JOÃO DA CANABRAVA- A Secretária de Saúde de São João da Canabrava realizará nesta semana o projeto “10 minutos contra a Dengue”, com foco no combate ao mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e o vírus Zika.


Coordenador de Atenção Básica, Átila Araújo. (Foto: Rosário Sousa CN1)
Durante a execução projeto, agentes comunitários de saúde e agentes de endemias distribuirão panfletos com informações de como combater a proliferação do mosquito da dengue e farão visitas domiciliares, explicando o que deve ser feito para evitar a proliferação do mosquito Aedes Aegypti.

De acordo com o Coordenador de Atenção Básica, Átila Araújo, no ano de 2015 foram registrados no município 22 casos de dengue e em 2016 ainda não houve nenhum caso confirmado da doença.

“Estamos desenvolvendo o Projeto “10 minutos contra a dengue” que tem como objetivo orientar a população de tirar 10 minutos todos os dias da semana para combater o mosquito Aedes Aegypti na sua residência contribuindo na eliminação do mosquito”, explicou.

Os vírus da dengue, chikungunya e zika são transmitidos pelo mesmo vetor, o Aedes aegypti, e levam a sintomas parecidos, como febre e dores musculares. Zika e dengue são do gênero Flavivirus, já o chikunguna é do gênero Alphavirus.

As doenças têm gravidades diferentes. A dengue, que pode ser provocada por quatro sorotipos diferentes do vírus, é caracterizada por febre repentina, dores musculares, falta de ar e moleza.

O Ministério Público de Saúde mobilizou todos os municípios brasileiros e estão em estado de alerta geral, desde o inicio do ano os municípios iniciaram essas etapas no combate ao Mosquito.

Prevenção

Para tomar medidas preventivas e impedir que a dengue chegue até a sua  residência  a melhor atitude é combater os focos de acúmulo de água. Esses locais são propícios para a criação e reprodução do mosquito transmissor da dengue.  Para prevenir a chegada da doença veja alguns cuidados importantes:

1- Mantenha bem tampados: caixas, tonéis e barris de água.
2- Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira sempre bem fechada.
3- Não jogue lixo em terrenos baldios.
4- Não deixe água da chuva acumulada na laje.
5- Encha os pratinhos os vasos de plantas com areia até a borda.
6- Se for guardar garrafa de plástico ou de vidro, mantenha sempre a boca para baixo.
7- Lave com frequência, com água e sabão, os recipientes utilizados para guardar água, pelo menos uma vez por semana.
8- Se forem guardar pneus velhos em casa, retire toda água e mantenha-os em locais cobertos, protegidos da chuva.
9- Limpe as calhas com freqüência, evitando que galhos e folhas possam impedir a passagem da água.

10- Diminuir a quantidade de bebedouros de cães, gatos e passarinhos. Escová-los quando trocar a água.
Os vírus da dengue, chikungunya e zika são transmitidos pelo mesmo vetor, o Aedes aegypti, e levam a sintomas parecidos, como febre e dores musculares. Zika e dengue são do gênero Flavivirus, já o chikunguna é do gênero Alphavirus.

As doenças têm gravidades diferentes. A dengue, que pode ser provocada por quatro sorotipos diferentes do vírus, é caracterizada por febre repentina, dores musculares, falta de ar e moleza.
O Ministério Público de Saúde mobilizou todos os municípios brasileiros e estão em estado de alerta geral, desde o inicio do ano os municípios iniciaram essas etapas no combate ao Mosquito.


Veja também

SJC 8161733406253606298

Postar um comentário

Últimas Notícias

item