Cartório Eleitoral fará plantão no fim de semana para atender eleitores

O eleitor que teve seu título eleitoral cancelado por conta do recadastramento biométrico ou por outro motivo terá até o dia 04 de maio, pa...

O eleitor que teve seu título eleitoral cancelado por conta do recadastramento biométrico ou por outro motivo terá até o dia 04 de maio, para regularizar sua situação junto à Justiça Eleitoral.

Cartório Eleitoral fará plantão no fim de semana. (Foto: Antonio Rocha)
Com a aproximação do final do prazo os Cartórios Eleitorais do Piauí funcionarão nesse sábado, dia 30 de abril, e domingo, 1º de maio, para atendimento ao público. A informação é do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PI).

Em Picos, o atendimento acontece das 08h00 as 13h00, durante o final de semana. De acordo com o chefe da 10ª Zona Eleitoral de Picos, Luís Borges de Sousa, na semana o atendimento também tem sido intensificado.

“Durante a semana o atendimento está acontecendo das 07h00 as 19h00. A procura está enorme, estamos atendendo mais de 200 eleitores por dia, vindos de Picos de os outros cinco municípios que compõe a nossa jurisdição”, disse Luís Borges.

Ainda segundo o chefe de cartório, 04 de maio é o último dia para tirar o título eleitoral e requerer a transferência de domicílio eleitoral, bem como fazer revisão de dados ou mudança do local de votação.

Ao procurar o cartório o eleitor deve estar munido dos seguintes documentos (originais e cópias):

– Documento oficial de identificação (RG, Carteira de Trabalho e Previdência Social – CTPS, identidades profissionais, certidões de nascimento e casamento, etc.;

– Comprovante de residência emitido há menos de três meses (contas de luz, água ou telefone, nota fiscal ou envelopes de correspondência, etc);

– Comprovante de quitação com o serviço militar (homens com idade entre 18 e 45 anos) para o primeiro título.

Punições

O eleitor que está com o título cancelado além de não poder votar nas eleições deste ano enfrentará uma série de problemas, inclusive de obter passaporte ou carteira de identidade, receber salários de função ou emprego público e obter certos tipos de empréstimos em bancos oficiais.

Assim como gerar dificuldades para investidura e nomeação em concurso público, renovação de matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo e obtenção de certidão de quitação eleitoral ou qualquer documento perante repartições diplomáticas a que estiver subordinado.

Fonte: Picos 40 Graus

Veja também

PICOS 4880975187712915718

Postar um comentário

Últimas Notícias

item