Confira como votaram os deputados federais do Piauí no processo de impeachment de Dilma

PIAUÍ  - Os dez deputados federais do Piauí eleitos em 2014 participaram da votação do Processo de Impeachment da Presidente Dilma Rousseff...

PIAUÍ  - Os dez deputados federais do Piauí eleitos em 2014 participaram da votação do Processo de Impeachment da Presidente Dilma Rousseff, que começou por volta das 17h40, na Câmara Federal. A sessão iniciou às 14 horas e 504 deputados estiveram presentes na votação. Confira abaixo como votaram os deputados e as suas justificativas:

Assis Carvalho, Marcelo Castro, Paes Landim, Rejane Dias e Fábio Abreu. (Foto: Reprodução)

Votam contra o impeachment  

Assis Carvalho: "Pelo Brasil, pelo Piauí, pela minha cidade de Oeiras, mas principalmente no combate à corrupção, representado por Eduardo Cunha e Michel Temer, eu digo não a essa corrupção ridícula que envergonha o meu país. E logo logo, Eduardo Cunha, você estará pagando por isso de trás das grades, pelo mal que você faz ao Brasil e ao mundo".

Fábio Abreu (PTB): "De acordo com as minhas convicções e em defesa das leis desse país, eu voto não".

Marcelo Castro (PMDB): "Senhoras e senhoras Deputados, isso aqui hoje não é uma eleição indireta, é um processo de impeachment do Presidente da República em um país Presidencialista e para isso, pressupõe que haja um crime de responsabilidade. A Presidenta Dilma não matou, não roubou, não tem contas no exterior, não descumpriu nenhuma lei do país. É uma pessoa digna, honesta e honrada. Não há crime de responsabilidade. Não há crime nenhum. Todo esse processo é artificial, é forjado, é falso e por isso, eu voto contra".

Paes Landim (PTB): "Senhor Presidente, não me convenceram da existência de crime de responsabilidade, portando eu voto não".

Rejane Dias (PT): "Senhor Presidente e demais Deputados e Deputadas aqui presentes, primeiro eu oro para que Deus abençoe a nossa querida nação Brasil. Segundo pelo meu querido Estado Piauí, pelo desenvolvimento do meu querido Estado Piauí, pela democracia, pelo Estado Democrático de Direito e em respeito aos milhares e milhares de brasileiros e brasileiras que votaram em Dilma, elegendo ela a primeira Presidenta mulher, eu voto não".


Votam a favor do impeachment  

Átila Lira, Rodrigo Martins, Heráclito Fortes, Júlio César e Iracema votaram a favor do impeachment(Imagem:Lucas Dias/GP1)
Átila Lira, Rodrigo Martins, Heráclito Fortes, Júlio César e Iracema votaram a favor do impeachment(Foto: Lucas Dias/GP1)

Átila Lira, Rodrigo Martins, Heráclito Fortes, Júlio César e Iracema votaram a favor do impeachment

Átila Lira (PSB): "Senhor presidente, senhores parlamentares, esse é um momento creio que difícil para todos nós. O que me traz aqui. A minha decisão é uma decisão de renovação e esperança para o nosso país, para todos nós. Pelo meu Estado Piauí, pelo meu país, não vamos desistir do Brasil, voto sim".

Heráclito Fortes (PSB): "Senhor Presidente, quero deixar aqui o meu abraço a minha mulher, Marina; as minhas filhas Eloísa, Camila; aos meus netos, Antônio e João; a minha neta que está por vir, Olímpia; a minha irmã, Zélia. Esse pessoal sabe o que eu sofri nas mãos do PT de 2010 até agora. O voto que eu vou dar não é um voto de rancor, é o voto da lógica, do futuro do Brasil. O voto que eu vou dar é o voto que o Brasil está exigindo. É o voto em nome das ruas, portanto ele é sim".

Iracema Portela (PP): "Exclusivamente por orientação partidária, mas com sentimento de tristeza, o meu voto é sim".

Júlio César (PSD): "Senhor Presidente, senhoras e senhores Deputados, contra os desajustes das contas públicas, contra o aumento da inflação, contra o desemprego e a favor dos 10 milhões de desempregados do nosso país, em defesa dos 5.570 municípios e para restabelecer a esperança do povo do Piauí, do povo brasileiro, eu voto sim, Presidente".

Rodrigo Martins (PSB): "Pelo meu Estado do Piauí, pelo futuro do povo do Brasil, em especial dos piauienses, em especial da cidade de Teresina, em respeito a todos os homens e mulheres de bem que estão lutando, que estão às ruas por um Brasil melhor, pelos futuros da minhas filhas, da Maria Luiza, da Ana Maria, eu voto sim ao impeachment".

GP1

Veja também

POLÍTICA 896844970899296139

Postar um comentário

Últimas Notícias

item