Sefaz apreende mais de 2 mil quilos de chumbo

PIAUÍ - A Secretaria de Fazenda do Piauí, em ação conjunta com a Delegacia de Repressão a Crimes Contra a Ordem Tributária (Decortec) apree...

PIAUÍ - A Secretaria de Fazenda do Piauí, em ação conjunta com a Delegacia de Repressão a Crimes Contra a Ordem Tributária (Decortec) apreendeu, na manhã de hoje (05), mais de 70 caixas de cigarro contrabandeado, e mais de 2 mil quilos de chumbo para munição sendo comercializados no Centro de Teresina. O cigarro foi avaliado em torno em torno de R$ 75 mil, e o chumbo avaliado em R$ 24 mil.
Sefaz apreende mais de 2 mil quilos de chumbo . (Foto: Reprodução)
Três contribuintes foram presos em flagrante e disseram ser os proprietários da mercadoria. A informação é do agente da Sefaz, Robert Melão. “Eles dizem apenas que compraram o chumbo de um homem que bateu na porta do comércio deles. Mas resistem em informar quem é essa pessoa. Assumiram total responsabilidade sobre o material. Tanto sobre a aquisição, quanto sobre a comercialização”, explica Robert.

Imagem: Reprodução
Ele acrescenta ainda que o chumbo é um material que precisa da autorização do Exército Brasileiro para ser comercializado. Caso não fique comprovado que o Exército tinha dado essa autorização, nem seja apresentada a nota fiscal, o vendedor será responsabilizado pelo crime. Se não, ele poderá ser liberado, junto com a mercadoria.

“O problema do chumbo não é o produto em si, mas a forma como ele estava sendo comercializado, aparentemente sem autorização, sem nenhum documento que informasse sua procedência. E trata-se de um material regulado pelo Exército”, esclarece o agente da Sefaz.

Todo o material apreendido na Avenida Maranhão e na Rua João Cabral foi levado para a sede da Decortec para avaliação da polícia. Os presos seguem detidos para prestar depoimento.

Fonte: O Dia


Veja também

POLÍCIA 7447860320943847684

Postar um comentário

Últimas Notícias

item