Servidores téccnicos da Uespi encerram a greve

Os Técnicos Administrativos da Universidade Federal do Piauí - UESPI decidiram nesta quarta-feira, 25, suspender a greve no setor administr...

Os Técnicos Administrativos da Universidade Federal do Piauí - UESPI decidiram nesta quarta-feira, 25, suspender a greve no setor administrativo da Instituição e por maioria de votos acataram a proposta do Governo do Estado. A categoria estava em greve há mais de 30 dias.

Técnicos Administrativos da Uespi de Picos (Foto: Reprodução)
O Governo do Estado se comprometeu a fazer um reajuste na faixa salarial dos técnicos administrativos e encaminhar para a Assembleia Legislativa um novo Plano de Cargos e Salários até final de julho. Segundo o secretário de Administração e Previdência, Franzé Silva, esse plano vai ser aprovado em 2016 para entrar em vigor em 2017.

"Entendo que é um primeiro passo. A expectativa é que a parte burocrática, andamento de processos, vida funcional de alunos e servidores volte ao normal. É um sinal de avanço com a comunidade universitária. Nosso anseio é que na próxima segunda-feira, dia 30, na conversa que vamos ter com os professores, a categoria também possa voltar às atividades e não prejudicar o semestre dos alunos da Uespi", afirma Franzé.

De acordo com Franzé, o maior prejudicado são os alunos, afinal são mais de 30 dias de paralisação. Para os professores, o Governo do Estado se comprometeu a fazer as promoções de mestrados e doutorados e mudanças de níveis dividido em duas parcelas, observando o impacto financeiro. "Seria uma parcela em junho e a outra em outubro deste ano", afirma.

O compromisso do Governo com os professores é constituir uma comissão que irá fazer a minuta do edital de concurso para professores efetivos. Esse edital será lançado logo que seja concluído o PDI-Plano de Desenvolvimento Institucional da Uespi, que é feito por eles. De acordo com Franzé, o governador confirmou investimentos de R$ 25 milhões para melhoria na estrutura da Uespi e ampliação de 25% das bolsas para os alunos. Hoje são em média, 800 bolsas. O governador autorizou ampliar para mil bolsas.

"O primeiro pedido dos professores era retirar a Uespi da Lei Geral de Lotação. Isso já foi atendido pelo Governador. Nossa expectativa agora é de que os professores também possam voltar ao trabalho na segunda-feira, dia 30.

Fonte: Cidade Verde

Veja também

PICOS 173268495521496586

Postar um comentário

Últimas Notícias

item