Caso Chico Ramos: Viúva é absolvida pelo tribunal do júri

PICOS- Após cerca de 12 horas de julgamento a defesa de Antônia Consuelo Rodrigues Ramos, de 37 anos, conseguiu o seu objetivo. A viúva pre...

PICOS- Após cerca de 12 horas de julgamento a defesa de Antônia Consuelo Rodrigues Ramos, de 37 anos, conseguiu o seu objetivo. A viúva presa há um ano e cinco meses, foi absolvida pelo tribunal do júri.

O julgamento teve início por volta das 10h00 desta terça-feira (Foto: Fabrício Sousa)
Antônia era acusada de encomendar a morte de seu esposo Francisco Osvaldo Ramos da Silva, 43 anos, morto a tiros no dia 31 de outubro de 2014. Assim a ré era julgada por homicídio duplamente qualificado por motivo torpe e por recurso que impossibilitou a defesa da vítima.

Acompanhando o caso desde a prisão de Consuelo, o advogado Maicon Luz, sempre afirmou a inocência da acusada.

Para ele o inquérito foi construído de forma tendenciosa e não apontava os executores do crime, nem o mandante muito menos o valor pago para o cometimento do mesmo.

“Esperamos um ano e cinco meses por esse momento. Hoje é o dia que teremos a oportunidade e a liberdade de mostrar para a sociedade picoense a inocência da senhora Antônia Consuelo. Isso tudo foi fruto de uma armação policial e de um inquérito conduzido de forma maliciosa que a incriminou sem provas”, disse o advogado ainda antes do início do julgamento.

Fonte: Picos 40 Graus 

Veja também

PICOS 7623349531583415051

Postar um comentário

Últimas Notícias

item