Contas não foram bloqueadas, diz contador de Sussuapara

SUSSUAPARA - O contador Denilson Lopes de Sousa, que integra a Assessoria Contábil da Prefeitura de Sussuapara, negou de forma veemente que...

SUSSUAPARA - O contador Denilson Lopes de Sousa, que integra a Assessoria Contábil da Prefeitura de Sussuapara, negou de forma veemente que as contas daquela municipalidade foram ou estejam bloqueadas a pedido do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Ele afirma, ainda, que tudo não passou de um equívoco, por parte do tribunal, ter inserido o município numa lista preliminar que solicitava o bloqueio de contas das prefeituras e câmaras municipais que estavam com o envio de suas prestações de contas em atraso.

Denilson Lopes destacou, porém, que toda a documentação referente às prestações de contas da Prefeitura de Sussuapara é enviada dentro do prazo estabelecido pelo TCE-PI e que qualquer desencontro de informações, garante ele, não foi provocado pela equipe da Assessoria Contábil da Prefeitura.

O contador também enfatizou que o próprio tribunal já forneceu uma certidão de adimplência, atestando que todas as prestações de contas daquela prefeitura, nos últimos 12 meses, foram transmitidas e protocoladas naquela Corte.

Imagem: Reprodução


REPERCUSSÃO

Denilson Lopes aproveitou a oportunidade para lamentar o uso político das informações veiculadas de forma precipitada em diversos meios de comunicação, colocando em dúvida a probidade administrativa da atual gestão.

“Posso garantir que Sussuapara está no ranking dos melhores municípios do Estado nessa questão de transparência pública. Embora seja corriqueiro naquele tribunal divulgar listas preliminares contendo nomes de municípios, mesmo adimplentes com suas prestações, é inegável que o uso político dessas informações pode prejudicar a imagem dos gestores e aquela corte de contas precisa ter mais responsabilidade quanto a isso” – reclamou.

PAGAMENTOS

A secretária de Finanças de Sussuapara, Gislene Rocha, também se manifestou sobre o caso, afirmando também que as contas em nenhum momento foram bloqueadas. “Ontem, sexta-feira (08), tivemos o repasse do FPM referente ao dia 10, juntamente com a ajuda extra de 1% que os municípios têm direito. Passamos o dia todo efetuando as transações financeiras que estavam previstas sem nenhum contratempo. Pagamos fornecedores, funcionários e prestadores de serviço dentro do cronograma estabelecido” – informou.



Veja também

SUSSUAPARA 6543246438157752843

Postar um comentário

Últimas Notícias

item