Delegacia Regional deve ser transferida em breve para Central de Flagrantes

Após a inauguração da reforma e ampliação do prédio da Central de Flagrantes, em maio deste ano, a transferência da Delegacia Regional de P...

Após a inauguração da reforma e ampliação do prédio da Central de Flagrantes, em maio deste ano, a transferência da Delegacia Regional de Polícia Civil continua indefinida. O motivo seria a falta de infraestrutura no local, como energia elétrica e internet.

A delegacia regional composta por três distritos e a Delegacia de Violência contra a Mulher funcionam provisoriamente na Avenida Severo Eulálio. O local já foi alvo de denuncias sobre a insalubridade e deterioração.



O delegado regional, Divanilson Sena, explica que a transferência da Delegacia Regional deve ocorrer em breve, pois estas demandas já estariam sendo providenciadas. A expectativa, por exemplo, é que nos próximos dias a ligação elétrica seja concluída. 

“Ainda tem alguns pontos pendentes que é a energia e a internet. No que se refere a energia, a empresa contratada já colocou o transformador e falta apenas a Eletrobras efetuar a ligação.  Com relação a internet conseguimos fazer o orçamento para a instalação da internet, e será levado para a Secretaria de Segurança para logo ser iniciado”, disse o delegado regional.

Divanilson Sena ressaltou que a transferência será feita por distritos para que não prejudiquem no andamento dos trabalhos.

Veja também

POLÍCIA 6171104848615243354

Postar um comentário

Últimas Notícias

item