IML funcionará provisoriamente em prédio no Centro de Picos

PICOS- O Instituto Médico Legal (IML) será instalado e funcionará efetivamente nos próximos dias na cidade de Picos. Em caráter provisóri...


PICOS- O Instituto Médico Legal (IML) será instalado e funcionará efetivamente nos próximos dias na cidade de Picos. Em caráter provisório, o órgão funcionará em um prédio localizada na Rua São Sebastião, Centro de Picos.



De acordo com informações do diretor do Hospital Regional Justino Luz, Valério Azevedo, a estruturação do local já está sendo finalizada, e os profissionais que atuarão no IML passarão por treinamentos.

“Nós estivemos na última sexta-feira (26) com o Dr. Nunes, que é o coordenador estadual do IML, já finalizando a estruturação desse serviço aqui na cidade, estruturação em termo de recursos humanos onde há uma parceria entre a Secretaria de Saúde e Secretaria de Segurança Pública. Inicialmente o serviço irá funcionar em um prédio na Rua São Sebastião, onde está sendo estruturado o prédio com todos os critérios”, afirmou o diretor.

Posteriormente, os serviços deverão ser transferidos em definitivo para o prédio da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), Campus de Picos, no bairro Junco. O local  está passando por reformas, e a transferência deve ocorrer até o final deste ano. 

Valério Azevedo destacou ainda que são inúmeras as vantagens com a instalação e permanência do IML em Picos, desde a perícia criminal passar a ser realizada na cidade com maior rapidez e agilidade.

“O cidadão picoense vai ter maior rapidez na prestação do serviço de autopsia e necropsia e de alguns exames que podem ser coletadas amostras para agilizar todo o processo de ação do IML”, frisou.

UTI Neonatal 

Outro avanço na saúde pública de Picos é a construção da UTI Neonatal que segue avançada. Ao todo, serão cinco leitos de parto normal humanizado, além da Casa da Gestante, que é um anexo onde as futuras mamães serão recebidas, tanto no pré, no intra e no pós-parto. A Casa da Gestante tem por objetivo fazer um acompanhamento humanizado e dá  assistência adequada às mulheres.

Imagem Ilustrativa


O diretor do HRJL também mencionou o projeto de funcionamento da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da rede de urgência e emergência. A obra ainda não foi concluída, e a expectativa é que junto a SESAPI e ao Governo do Estado possa-se dar andamento ao projeto, bem como o direcionamento de material humano e equipamentos a serem utilizados.



Veja também

PICOS 8922024851131554676

Postar um comentário

Últimas Notícias

item