Mariozan Rocha diz andar armado por estar sofrendo ameaças

MONSENHOR HIPÓLITO- Após ter sido conduzido à Delegacia Regional de Picos na companhia de outras três pessoas por porte de arma de fogo, ...


MONSENHOR HIPÓLITO- Após ter sido conduzido à Delegacia Regional de Picos na companhia de outras três pessoas por porte de arma de fogo, o cantor Mariozan Rocha veio a público esclarecer detalhes sobre o ocorrido na madrugada desta terça-feira,27. Suspeito de seguir o veículo de uma liderança política do município de Monsenhor Hipólito, o cantou negou a acusação e disse andar armado devido estar sofrendo ameaças.

Mariozan Rocha. (Foto: Romário Mendes)
"Eu sou uma liderança política da minha região em Monsenhor Hipólito, e na última semana estava sofrendo ameaças. Então resolvi reforçar minha segurança", destacou o cantor.

O veículo em que Mariozan Rocha trafegava, um Mitsubishi Pajero, de cor prata e placa JWD 8333, foi abordado durante uma barreira policial. No carro foi encontrado um revólver calibre .38 com duas munições, sendo 1 intacta e outra deflagrada. Segundo o cantor, o revólver estava com o segurança e o mesmo  desconhecia que ele fazia uso de uma arma de fogo.

Mariozan Rocha e mais três pessoas foram conduzidas a Delegacia Regional de Picos para prestarem depoimentos. Os mesmos pagaram fiança no valor de R$3 mil e foram liberados.

"Gostaria de tranquilizar meus familiares, meus fãs no Piauí e no Brasil. Estou tranquilo, sossegado, e tenho recebido muitas mensagens de solidariedade e de apoio pelo ocorrido", concluiu.

Veja também

POLÍCIA 5402710338764502360

Postar um comentário

Últimas Notícias

item