Pesquisa descobre nova ocorrência de fósseis da Era Paleozoica em Altos

PIAUÍ - Pesquisadores da Universidade Federal do Piauí (UFPI) e da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) estiveram recentemen...


PIAUÍ - Pesquisadores da Universidade Federal do Piauí (UFPI) e da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) estiveram recentemente no Sítio Paleobotânico São Benedito, na cidade de Altos, a 37 km de Teresina, e publicaram a primeira pesquisa sobre o estudo paleontológico dos troncos fósseis da Era Paleozoica com mais de 270 milhões de anos.

Alguns troncos têm quase 2m de diâmetro, afirma pesquisador (Foto: UFPI/Divulgação)
São troncos que, segundo pesquisadores, reforçam que parte do Nordeste estava recoberto por uma floresta de árvores de grande porte, parentes dos pinheiros e das araucárias.
De acordo com o Juan Carlos Cisneros Martínez, professor da UFPI e doutor em geociência com atuação na área da paleontologia, o novo sítio enriquece o já rico patrimônio do estado do Piauí.

“São troncos petrificados, de grande porte. Alguns têm quase 2m de diâmetro, de gimnospermas (árvores sem flores, como os pinheiros e as araucárias). Eles são da mesma idade e muito similares aos troncos encontrados na Floresta Fóssil do Rio Poti em Teresina e, de fato, é bem possível que sejam parte dessa mesma floresta”, explicou Juan, responsável por coordenar a pesquisa.

O Sítio Paleobotânico São Benedito e de difícil acesso, o que, segundo Juan Cisneros, tem contribuído para que os troncos se conservem. No entanto, não há nenhum tipo de vigilância ou de dispositivo legal próprio que os proteja.

“É necessário planejar e implementar uma estratégia de proteção e de uso desse espaço para pesquisa, visitação. Com o devido planejamento e investimento, este sítio paleontológico pode se tornar uma nova atração turística para o Piauí. Ele possui uma boa localização, próximo à capital Teresina, e na rota ao Parque Nacional Sete Cidades. O uso apropriado deste local pode gerar um retorno à comunidade local, através de geração de empregos, valorização do artesanato, etc.”, avaliou.


Fonte: G1

Veja também

PIAUÍ 8179328509078028916

Postar um comentário

Últimas Notícias

item