Picos irá receber tropas federais durante as eleições

PIAUÍ- O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou na tarde de hoje (29) o envio de tropas federais para 59 municípios piauienses. O envio ...

PIAUÍ- O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou na tarde de hoje (29) o envio de tropas federais para 59 municípios piauienses. O envio atende a um requerimento encaminhado pelo Tribunal Regional Eleitoral. Até o momento, o TSE já deferiu a atuação da Força Federal em 307 localidades em 12 estados.


Foram aprovados os pedidos para as zonas eleitorais dos seguintes municípios: Parnaíba, Caracol, Bocaina, Várzea Grande, Demerval Lobão, Picos, Piripiri, Pedro II, São Raimundo Nonato, Uruçuí, Bom Jesus, Miguel Alves, Valença do Piauí, São João do Piauí, Piracuruca, Corrente, Santa Filomena, Parnaguá, Luzilândia, Bertolínia, Pio IX, Palmeirais, Altos, Castelo do Piauí, Canto do Buriti, Simplício Mendes, Paulistana, São Miguel do Tapuio, Fronteiras, Esperantina, Alto Longá, Ribeiro Gonçalves, Batalha, Beneditinos, Curimatá, Cocal, Pimenteiras,  Simões, Itainópolis, Monsenhor Gil, Cristino Castro, Picos, Inhuma, Francisco Santos, Santa Cruz do Piauí, Padre Marcos, São Gonçalo do Piauí, Capitão de Campos, Itaueira, Landri Sales, São Félix do Piauí, Antônio Almeida, Matias Olímpio, Angical do Piauí, Joaquim Pires, Avelino Lopes, Eliseu Martins, Aroazes e Monte Alegre do Piauí.

O envio de tropas ocorre após o Governo do Estado ter afirmado não precisar de ajuda do efetivo federal para garantir a segurança do pleito. Após polêmicas e até ameaças do vice-presidente do TRE, desembargador Edvaldo Moura, em deixar o cargo, o Estado voltou atrás e aceitou o auxilio das tropas. Ainda ontem, o Governo do Estado iniciou o envio de Policiais Militares para reforçar a segurança nas cidades do interior onde os conflitos estão mais acirrados.

Segundo a Polícia Militar, já foram deslocados cerca de 1600 policiais de Teresina para atuarem nos locais de eleição e no patrulhamento ostensivo pelo Piauí, sendo 1400 praças e mais 200 oficiais. Eles devem retornar apenas na segunda-feira (03). "Os juízes eleitorais estão sempre monitorando com a gente, e nos casos de maior acirramento é alertado e a gente consegue deslocar o efetivo para fazer a segurança e reforçarem os batalhões das cidades. Fora isso, o efetivo é distribuído de acordo com os locais de votação, por exemplo, na região de Picos são cerca de 509 locais e a gente precisa considerar isso", explicou o coronel. As regiões das cidades de Picos, Campo Maior e Piripiri devem receber o maior reforço do efetivo.

Em Teresina, a segurança conta com 550 policiais militares distribuídos pelos locais de votação, além de mais 800 quem atuam na segurança ostensiva através dos Batalhões de Polícia Militar, para o controle e atendimento de ocorrências que venham a acontecer durante a fase final das eleições.

Fonte: Portal O Dia

Veja também

PICOS 744608647217068169

Postar um comentário

Últimas Notícias

item