Casos de Sífilis aumentam na região de Picos

SAÚDE- Uma informação que tem preocupado as autoridades de Saúde na cidade de Picos é o aumento no número de casos de Sífilis. Até o dia ...


SAÚDE- Uma informação que tem preocupado as autoridades de Saúde na cidade de Picos é o aumento no número de casos de Sífilis. Até o dia 11 de outubro deste ano já foram contabilizados 77 casos, e a expectativa é que o número ainda aumente. Em Picos, o Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) computa os casos de todos os municípios que compõem o Vale do Guaribas.




O CTA ainda é responsável pela realização de exames para o diagnóstico de outras três  doenças, como  HIV e Hepatites B e C.

A coordenadora do CTA, a enfermeira Ozeany Vieira, explica que o número já representa quase o quantitativo registrado em 2015. 

“Tivemos um aumento muito grande nos casos de sífilis em comparação ao ano passado onde notificamos 78 casos. O tratamento vai variar muito, dependendo da titulação e do parecer médico”, explicou a coordenadora.

Em se tratando dos casos de HIV, a situação encontrada é inversa, onde houve uma redução no número de casos. Em 2015 foram diagnosticados 32 casos e até o momento foram diagnosticados 17 casos. Os mesmos são provenientes de pessoas da macrorregião e atingem homens e mulheres. Devido as mulheres realizarem os exames com mais frequência do que os homens, elas estão em maioria no número de casos.

A sífilis é uma doença sexualmente transmissível causada pela bactéria Treponema pallidum, cujo sintoma mais comum é uma úlcera indolor na região genital. Se não tratada a tempo, pode espalhar-se pelo corpo e causar graves lesões de órgãos internos, como o coração e o cérebro. A doença tem cura, se tratada corretamente com antibióticos apropriados, de preferência, com penicilina. 




Veja também

SAÚDE 315474582831833383

Postar um comentário

Últimas Notícias

PUBLICIDADE

item