Picos pode perder curso de Medicina por falta de recursos

PICOS - Iniciado há pouco mais de um mês, o curso de Medicina de Picos poderá não receber novos alunos por falta de estrutura física. ...



PICOS - Iniciado há pouco mais de um mês, o curso de Medicina de Picos poderá não receber novos alunos por falta de estrutura física. Preocupado com a situação, o reitor da Universidade Federal do Piauí, José de Arimatéia Dantas, esteve em Brasília na última terça-feira (11) e participou da reunião da bancada federal piauiense. Na ocasião, ele conversou com o deputado Mainha (PP) e solicitou empenho do parlamentar na destinação de emendas que garantam a infra-estrutura necessária para a continuidade do curso no município.

Aula inaugural do curso de Medicina em Picos - Foto: Fabrício Sousa
Aula inaugural do curso de Medicina em Picos. (Foto: Fabrício Sousa).
“Pedimos apoio à bancada para que possamos ter tranquilidade com relação a continuidade da oferta do curso de medicina em Picos. Iniciamos agora a primeira turma e teremos condições para mantê-la até o final do curso, mas não temos estrutura suficiente para receber novas turmas”, alertou o reitor.

O deputado Mainha, que defendeu a implantação do curso junto ao Ministério da Educação (MEC), assegurou que buscará apoio da bancada. “Sabemos da carência de profissionais naquela região. Ter a faculdade em Picos assegura que muitos estudantes do município e de regiões vizinhas não precisarão mais se deslocar para Teresina ou outros estados para estudar medicina”, defendeu.

Mais notícias sobre Picos 


Fonte: Cidade Verde

Veja também

PICOS 3605954573580255652

Postar um comentário

Últimas Notícias

PUBLICIDADE

item