Câmara congela salários do prefeito, vice, secretários e vereadores

PIAUÍ - Preocupada com a crise econômica, a bancada da Câmara Municipal de Palmeirais (situada a 108 quilômetros de Teresina), decidi...



PIAUÍ - Preocupada com a crise econômica, a bancada da Câmara Municipal de Palmeirais (situada a 108 quilômetros de Teresina), decidiu congelar até o ano de 2020 os salários do prefeito do município, do vice, dos secretários e vereadores. A decisão foi tomada no final do mês de setembro, antes das eleições municipais.

O projeto foi proposto pelo presidente da Câmara, vereador Rodrigo Teixeira (PC do B), depois que ele ouviu um dos maiores conhecedores de estatísticas e números da região, professor Luís Tomé, que é do mesmo partido de Rodrigo Teixeira. O professor Luís Tomé orientou que os salários fossem congelados; a Câmara aprovou e o prefeito Paulo César Vilarinho sancionou.

Atualmente o prefeito de Palmeirais ganha salário de R$ 7 mil, o vice de R$ 6 mil, os secretários municipais R$ 4 mil e os vereadores também R$ 4 mil.

Todo final de mandato, até 30 dias antes das eleições, as câmaras municipais tem a obrigação de votar o salário de prefeitos, vereadores e secretários. A maioria reajustou os vencimentos. No Piauí, a única a congelar foi a do município de Palmeirais.

Fonte: Portal AZ

Veja também

POLÍTICA 3640648559745957950

Postar um comentário

Últimas Notícias

PUBLICIDADE

item