Governo federal reconhece emergência em 124 municípios do PI

PIAUÍ - O Ministério da Integração Nacional decretou na última sexta-feira (11), situação de emergência em mais quatro municípios piauien...


PIAUÍ - O Ministério da Integração Nacional decretou na última sexta-feira (11), situação de emergência em mais quatro municípios piauienses. Agora, são 124 das 224 cidades que estão recebendo atenção especial em virtude da seca. Em setembro, eram 117 em situaç↾ão de emergência.

Barragem de Bocaina está com apenas 9% da capacidade. (Foto: Antonio Rocha)

A situação de emergência foi decretada em 272 municípios brasileiros nos estados de Pernambuco, Paraíba, Piauí, Bahia, Sergipe, Minas Gerais e Mato Grosso. Com a medida, adotada em decorrência do longo período de seca e estiagem que atinge as regiões, os gestores municipais poderão contar com benefícios oferecidos pelo Governo Federal. A Portaria foi publicada na sexta-feira no Diário Oficial da União (DOU).

No Piauí, a seca vem afetando boa parte do estado. Em 124 municípios, as secretarias nacional e estadual de Defesa Civil apontam situação de emergência. Nesta última relação aparecem os municípios de Água Branca, Cabeceiras do Piauí , Bom Jesus e Uruçuí, estas últimas concentram importante áreas agrícolas do estado.

A expectativa é de que as chuvas se iniciem nesta semana. Até lá, as cidades estão sendo contempladas com a Operação Carro-pipa Federal, além de outras ações promovidas em parceria entre as instâncias federal e estadual.

“A situação continua crítica em todo o estado. Essa semana começou algumas chuvas em regiões isoladas, como na região de São Raimundo. A previsão é de que a partir dia 17 tenhamos mais chuvas. Enquanto isso, os municípios continuam recebendo atenção especial com a Operação Carro-pipa Federal”, destacou o secretário estadual de defesa civil, Hélio Isaías.

Produção em baixa

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE), as perdas na safra piauiense em 2016 ultrapassam os 50%. Segundo o Departamento Nacional de Obras contra a Seca (Dnocs), boa parte dos maiores reservatórios do estado opera abaixo dos 30%, o que aumenta a preocupação das autoridades.

Recursos

O Ministério da Integração Nacional destinou R$ 26 milhões para combater os impactos da seca no estado do Piauí. As ações serão executadas pelo Ministério em parceria com a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf) para socorro, assistência e restabelecimento de serviços essenciais em municípios piauienses. Em todo o Brasil, as unidades atingidas pela estiagem estão recebendo R$ 260 milhões.

A execução nos estados do Piauí e Sergipe ficarão sob responsabilidade da Codevasf, que vai usar a verba para a construção de adutoras para o abastecimento de água e ainda implementação da operação carro-pipa.

Fonte: G1

Veja também

PIAUÍ 776112236078378641

Postar um comentário

Últimas Notícias

item