Médico e fisioterapeuta são presos por desvio de energia em Picos

PICOS - O Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO) realizou na manhã desta sexta-feira (04) em Picos duas prisões por furto qualifica...


PICOS - O Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO) realizou na manhã desta sexta-feira (04) em Picos duas prisões por furto qualificado. Após firmar convênio com a Eletrobras, o grupo vem realizando prisões por desvio de energia em todo o Piauí.



Na operação duas pessoas foram presas no bairro Canto da Várzea acusadas de furtar energia elétrica utilizando um imã.  Segundo o delegado, Kleyson Ferreira, que comandou a operação, na casa dos acusados, um médico e uma fisioterapeuta, que não tiveram os nomes revelados, a polícia encontrou imãs acoplados aos medidores de energia. 

“Estamos realizando fiscalizações constantes em todos os municípios do Piauí e efetuamos a prisões de algumas pessoas, que estão utilizando um imã, que paralisa a medição do medidor de energia e consequentemente ocorre um desvio, pois a energia continua sendo consumida. É uma forma do chamado gato”, acrescentou o delegado.

O uso do equipamento é crime e caracteriza furto qualificado, com pena prevista de 2 a 8 anos de reclusão. Segundo o delegado, as investigações continuam e novas prisões podem ser efetuadas por furto de energia em Picos,  

“As prisões foram realizadas a partir de fiscalizações em que se notou que o consumo era incompatível com o imóvel. Em decorrência disso foi feito um levantamento e verificado a existência de furto de energia nos locais. Ontem já realizamos uma ação em Oeiras, onde prendemos um proprietário de um motel”, afirmou Kleyson.







Veja também

PICOS 4728137991019278516

Postar um comentário

Últimas Notícias

item