Operação prende 18 suspeitos de fraudar concurso dos bombeiros

PIAUÍ - Quase vinte pessoas foram presas suspeitas de fraudar o concurso público de soldado do Corpo de Bombeiros Militar do Piauí, ocorr...


PIAUÍ - Quase vinte pessoas foram presas suspeitas de fraudar o concurso público de soldado do Corpo de Bombeiros Militar do Piauí, ocorrido no ano de 2014. Ao todo estão sendo cumpridos mais de 100 mandados judiciais durante a operação Vigiles coordenada pelo Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco). 

(Foto: Divulgação/SSPI-PI)
Estão sendo cumpridos 36 mandados de prisões, 35 mandados de conduções coercitivas e 71 Mandados de buscas e apreensões expedidos pelo juiz Luiz de Moura Correia, titular da Central de Inquéritos Policiais de Teresina. 

Cerca de 150 policiais civis entre delegados, agentes e escrivães estão envolvidos na operação que contou com o apoio do próprio Corpo de Bombeiros Militar, e da Nucepe, organizadora do concurso, além do Núcleo de Inteligência da SSP-PI.

O coordenador do Greco, Carlos César Camelo, disse que há indícios da participação de pelo menos 71 pessoas na fraude, sendo que algumas já estão no curso de formação. Entre os presos está um advogado. 

"As pessoas suspeitas tinham gabarito específico idêntico, tanto nas questões certas como nas erradas. A probabilidade de duas pessoas fazerem o mesmo gabarito é quase como ganhar na loteria", disse o delegado. A operação foi deflagrada após seis meses de investigação.

Fonte: Cidade Verde

Veja também

POLÍCIA 8839798825163306906

Postar um comentário

Últimas Notícias

item