36 servidores federais foram expulsos dos cargos no Piauí

PIAUÍ - Um levantamento da Corregedoria Geral da União mostrou que 36 servidores federais foram expulsos dos cargos nos últimos 13 anos no ...

PIAUÍ - Um levantamento da Corregedoria Geral da União mostrou que 36 servidores federais foram expulsos dos cargos nos últimos 13 anos no Piauí. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (09), data em que se comemora o Dia Internacional contra a Corrupção. Os principais motivos que justificaram as expulsões são práticas ilícitas, como corrupção, uso de cargos para fins indevidos, abuso de poder, faltas excessivas ao trabalho e comportamentos inadequados.

Edilson Correia Alves de Lima, chefe da Corregedoria Geral da União / Foto: Portal O Dia

Em âmbito nacional, 424 servidores federais foram expulsos entre 2003 e 2016. Destes, apenas 4% voltaram após processos judiciais. 

Segundo o chefe da ouvidoria da CGU regional, Edilson Correia Alves Lima, todas as práticas ilícitas estão previstas no estatuto dos servidores federais. “Antes de serem expulsos, há um processo administrativo. Em todos esses casos, quando não houve corrupção, houve outros ilícitos que provocaram a sanção”, afirmou Edilson.

Desde 2012, os processos anticorrupção nos órgãos públicas resultaram na recuperação de R$ 15 bilhões. Somente em 2016, até junho, foram recuperados R$ 952 milhões no Brasil. "Esse processo ainda é lento. A cada R$ 127 bilhões desviados, só conseguimos recuperar cerca de R$ 1 bilhão. No entanto estamos avançando, a despeito dos cenários adversos", ressalta Edilson.

Fonte: Portal O Dia

Veja também

POLÍCIA 4469180620041646337

Postar um comentário

Últimas Notícias

item