Internautas descobrem que butique piauiense revendia roupa da região do Brás

TERESINA - Uma famosa butique de luxo enfrenta uma ‘saia justa’ em Teresina, no Piauí. Começaram a circular rumores que as peças assinadas ...

TERESINA - Uma famosa butique de luxo enfrenta uma ‘saia justa’ em Teresina, no Piauí. Começaram a circular rumores que as peças assinadas pela estilista Andressa Leão foram, na verdade, compradas no Bom Retiro, Brás e em outros bairros paulistanos famosos pelas lojas e confecções de roupas.



Segundo informações do portal O Dia, o custo da mercadoria direto do fornecedor varia entre 59,90 a 119,90 reais. Na loja que leva o nome de Andressa, as peças chegam a custar 500 reais. Vestidos de gala e acessórios são ainda mais caros.

O bafafá começou depois que um áudio atribuído a uma cliente dela começou a circular pelo WhatsApp. “A Luana viu tudo lá do Brás… tudo do Brás, do Bom Retiro e da [rua] José Paulino. Ela [a estilista] apenas trocou a etiqueta e botou aqui para os bestas comprar”, diz a mulher. Ela e a amiga vasculharam o Instagram da loja e encontraram peças iguais às vendidas no Piauí.

A estilista rebateu as acusações no Instagram e esclareceu que 70% das peças são feitas pela loja, que emprega 30 funcionários. O restante da produção é terceirizada por confecções nacionais, “como fazem também grandes grifes e lojas do segmento”.

Fonte: Veja SP

Veja também

NOTÍCIAS 5198754220721448781

Postar um comentário

Últimas Notícias

item