Programa ID Jovem é lançado em Bocaina

 ID Jovem é lançado em Bocaina. (Foto:  COJUV) BOCAINA - A Coordenadoria da Juventude do Estado do Piauí (Cojuv) participou, na última...


 ID Jovem é lançado em Bocaina. (Foto:  COJUV)
BOCAINA - A Coordenadoria da Juventude do Estado do Piauí (Cojuv) participou, na última sexta (15), de uma audiência pública para a constituição do Conselho Municipal da Juventude no município de Bocaina, território do Vale do Rio Guaribas.

Para o presidente do Conselho Estadual de Juventude, Venício Moura, o avanço da criação e execução de políticas públicas depende do protagonismo juvenil que, na prática, consiste na ocupação dos espaços públicos de debate.

“São jovens que estão organizados nos grêmios estudantis, nas pastorais da juventude, nas associações, por exemplo. São esses jovens que, por meio do conselho, terão a oportunidade de pautar suas principais demandas junto ao poder público municipal”, disse.

Na ocasião, também foi apresentado o programa Identidade Jovem (ID Jovem) aos adolescentes das escolas públicas do município, gestores, assistentes sociais e entidades ligadas aos movimentos juvenis.

Em Bocaina, cerca de 686 jovens estão aptos a acessar o benefício, o que representa em torno de 10% da população da cidade.

“A realidade do município de Bocaina é a carência de empregos para os jovens. Aqui não temos muito desenvolvimento na área de emprego. Então, normalmente eles estudam até o Ensino Médio, mas temos muitos jovens cursando ensino superior em outros estados. O grande valor da nossa juventude é o estudo”, disse a assistente social Antônia Leal Barros.


O ID Jovem beneficia jovens com idade entre 15 e 29 anos e renda familiar de até dois salários mínimos com passagem gratuita ou meia-passagem em transporte coletivo interestadual, meia-entrada em eventos artístico-culturais e esportivos e, mais recentemente, isenção da taxa em concursos públicos, incluindo o Enem.

“É um benefício que possibilita ao jovem de baixa renda o acesso a bens culturais, à oportunidade de emprego e ingresso nas universidades, além de mobilidade. Com o programa, jovens que estudam em outro estado podem visitar seus parentes sem grandes custos, podem viajar a passeio, fazer um concurso público, agora com isenção da taxa também pelo programa, participar de entrevistas de emprego em outros estados, ir a shows, cinemas, peças de teatro. São oportunidades que durante muito tempo foram negadas a jovens do Piauí e do Brasil por serem economicamente vulneráveis”, enumerou Moura.

Fonte: Cidade Verde 
Fotos: Cojuv



Veja também

DESTAQUES 688447122057115993

Postar um comentário

Últimas Notícias

item