Renato pedirá verba extra ao Governo Federal para pagar salários

SÃO LUÍS DO PIAUÍ - O prefeito de São Luís do Piauí, Rentado Pio (PSB) integra o movimento Aporte Financeiro aos Municípios – AFM, que arti...

SÃO LUÍS DO PIAUÍ - O prefeito de São Luís do Piauí, Rentado Pio (PSB) integra o movimento Aporte Financeiro aos Municípios – AFM, que articula uma audiência com o presidente Michel Temer (PMDB) para a próxima terça-feira (03), às 15h, no Palácio do Planalto.

Prefeito Renato Pio. (Foto: Antonio Rocha)
De acordo com o gestor, existe o risco de atrasar a folha salarial dos funcionários por conta da queda no repasse no Fundo de Participação dos Municípios – FPM.


“Até hoje a nossa gestão nunca atrasou o salário dos servidores, porém com a crise financeira que estamos enfrentando e as quedas constantes no FPM, a gente corre o risco de não honrar com os nossos compromissos. Vamos lutar para que isso não acontece”, disse.   

Até agora, 38 prefeitos já confirmaram presença na reunião que vai cobrar a liberação do aporte financeiro para garantir o pagamento dos salários neste final de ano, uma vez que os repasses relativos ao Fundo de Participação de Municípios (FPM) estão diminuindo quando comparados ao mesmo período do ano passado.

O objetivo da reunião é conseguir uma transferência extra para sobrevivência dos municípios.

O presidente da Associação Piauiense de Municípios APPM, prefeito Gil Carlos, - que está coordenando a participação dos prefeitos do Estado no movimento -, garante que o apoio ao AFM está crescendo e que os senadores Raimundo Lira e Cassio Cunha Lima estão intermediando a discussão com Temer.

“Além de um número expressivo de prefeitos piauienses presentes, queremos contar com apoio de nossa bancada federal, nesse momento. A maioria das prefeituras está pagando salário com as receitas do mês subsequente. Com a queda dos repasses nesse semestre, há grande possibilidade de atrasar a remuneração de efetivos em mais de 30 dias, em muitas prefeituras", afirmou Gil Carlos.

No mesmo dia, às 9h, os prefeitos se reunirão na Sede da Confederação Nacional dos Municípios.

Ainda, segundo Gil Carlos, este tipo de aporte financeiro aos municípios foi feito no governo Lula, em 2009 e no governo Dilma, em 2013.

“Esse tipo de ajuda foi dado em 2009 e em 2013, quando o governo decidiu desonerar o Imposto a Serviços Industrializados, IPI. Seria uma transferência extraordinária semelhante ao FPM".

Prefeitos do Piauí que confirmaram presença:

01. Presidente Gil Carlos
02. Ariano - Cristalândia
03. Junior Bio-  São Pedro
04. Toninho-  Caridade
05. Adalberto - Sto. Antonio dos Milagres
06. Junior Carvalho - Demerval Lobão
07. Wilney - Sta. Cruz dos Milagres
08. GD - Jacobina
09. Gilson - Lagoa do Barro
10. Marcio - Alegrete
11. Caboré -  Caraúbas
12. Mauricio - Rio Grande
13. Ângelo - Redenção do Gurgueia
14. Jonas - Água Branca
15. Joel - Floriano
16. Edilson - Vila Nova
17. Luciano Fonseca - Bertolinia
18. Edgar Bona - Novo Santo Antônio
19. Zé Medeiros - Manoel Emídio
20. Reginaldo Júnior - Palmeirais
21. Tomé - AROAZES
22. Danilo - Wall Ferraz
23. Wellington Carlos - Sto Antônio de Lisboa
24. José Raimundo - Oeiras
25. Chico Pitú - Marcolândia
26. Tairo - Santo Inácio
27. Ananias - São João da Serra
28. Betim - Riacho Frio
29. Leo Matos - Gilbués
30. Venicio do Ó - Pimenteiras
31. Elder - Jurema
32. Diego - Amarante
33. Amilton - Floresta
34. Nael - Flores
35. Renato Pio- São Luís do PI
36. Barroso Neto - Santa Cruz
37. Murilo Ribeiro - Corrente
38. Diego Lamartine – Amarante

Fonte: Com informações do site Cidade Verde



Veja também

SÃO LUÍS 6943578898224639789

Postar um comentário

Últimas Notícias

item