Relatório sobre regulamentação da vaquejada deve ser apresentado na quarta (18)


PIAUÍ - A Comissão Especial da Vaquejada reúne-se nesta quarta-feira (19) para apresentação e discussão do parecer do relator, deputado Paulo Azi (DEM-BA).

(Foto: Reprodução)
O colegiado analisa duas propostas que alteram a Constituição a fim de reconhecer a vaquejada e o rodeio como patrimônio cultural imaterial do Brasil (PEC 270/16) e tirar delas o rótulo de "cruéis" (PEC 304/17).

Em outubro do ano passado, o Supremo Tribunal Federal (STF) julgou inconstitucional uma lei do Ceará que regulamentava a vaquejada como prática desportiva e cultural. Para o STF, havia "crueldade intrínseca" imposta aos animais.

O parecer de Paulo Azi recomenda a aprovação da PEC 304/17, que permite a realização das vaquejadas e descaracteriza a prática de crueldade associada ao esporte. O parecer recomenda ainda a rejeição da PEC 270/16, que classifica os rodeios e as vaquejadas como patrimônio cultural imaterial brasileiro. Isso porque a Lei 13.364/16, já eleva  o  rodeio e a vaquejada à condição de manifestação cultural nacional e de patrimônio cultural imaterial.

O deputado Ricardo Tripoli (PSDB-SP) apresentou voto em separado que considera as duas PECs inconstitucionais.

A reunião está marcada para as 14h30, o local ainda não foi definido.

Fonte: Agência Câmara


Relatório sobre regulamentação da vaquejada deve ser apresentado na quarta (18) Relatório sobre regulamentação da vaquejada deve ser apresentado na quarta (18) Reviewed by Canabrava News on 17.4.17 Rating: 5

Nenhum comentário

Feat