Ambulantes voltam atuar nas praças de Picos

Após serem retirados das praças e calçadas do Centro de Picos, alguns ambulantes começaram a retornar para os ambientes públicos. Nem...


Após serem retirados das praças e calçadas do Centro de Picos, alguns ambulantes começaram a retornar para os ambientes públicos. Nem mesmo a aplicação de multa, pela prefeitura municipal, tem barrado o regresso.

Os vendedores que desistirem do seu espaço no Shopping do Povo e forem flagrados vendendo em espaços públicos novamente, receberão uma multa de R$ 500,00, é o que diz o secretário municipal de Turismo e Desenvolvimento Econômico, Iata Rodrigues.

De acordo com o secretário, cerca de 10 pessoas já foram multadas pela prática.

“Abrimos processo administrativo no nome de cada um. Muitos já foram multados, alguns inclusive no CPF. Eles têm o prazo de trinta dias para pagarem. Caso não atendam a determinação da secretaria receberão uma segunda multa no mesmo valor”, explicou Iata.

A queda nas vendas após a mudança para o Shopping do Povo, tem feito os profissionais migrarem para pontos espalhados pelo Centro de Picos.

Donos de trailers que deixaram as praças, reclamam da demora na instalação dos estabelecimentos no “Point Beiro Rio”.

Desempregadas há cerca de um mês, as comerciantes Helinete Félix Bezerra e Edvane Joana Pereira, procuraram o Picos 40 Graus e denunciaram a demora na montagem de seus trailers na Avenida Beira Rio, em Picos.

Mãe de dois filhos, que ainda são menores de idade, Helinete trabalhou na praça Josino Ferreira por 15 anos.

“Está com um mês que espero para voltar a trabalhar. O secretário Iata me garantiu que iria entregar o trailer pronto, mas tirou da praça e simplesmente jogou na Beira Rio. Enquanto isso estou com o aluguel atrasado, contas atrasadas, desempregada e me sinto muito prejudicada, pois a palavra dele não foi cumprida”, disse a mãe de família.

Edvane Joana também tinha um trailer na Josino Ferreira, e decidiu seguir a lei, devido à pressão que vinha sofrendo.

“Eu trabalhava lá no setor de lanches há mais de 10 anos. Meu estabelecimento foi embargado, e segundo a secretaria, se até o dia 02 de julho eu não deixasse o local seria usada a força policial. Resolvi então cumprir a lei, jogaram meu estabelecimento na Beira Rio, até começaram a reforma, mas não terminaram.  Até hoje nada do que foi prometido foi cumprido”, disse.

Fonte: Picos 40 Graus
Adsense aqui 21 maio

Veja também

PICOS 2244505925584661611

Postar um comentário

Últimas Notícias

Parceiros

Arquivo

item