Família Martins mantém tradição da farinhada

(Foto: Adailson Carvalho)

Após um bom período desativado, o aviamento construído pelo agricultor Luís Martins foi reformado - teto, forno e instalações - para receber mais uma farinhada, também chamada de “desmancha”, processo que transforma a raiz de mandioca em goma e farinha.

O aviamento fica localizado na Serra do Buenos Aires, na zona Rural de São João da Canabrava. No mês passado a família Martins realizou mais uma farinhada. O processo é feito de forma manual e mantém viva uma tradição que vem passando de geração em geração.




O agricultor Luís Epifânio da Silva, 69 anos, residente na Serra do Buenos Aires, a 12 quilômetros de São João da Canabrava, relata como é o processo da extração do produto final da mandioca (Goma e Farinha).

“A gente arranca e traz para o aviamento e dai a gente continua o processo, rapa a mandioca, rala, imprensa, peneira e torra. Isso é o passo a passo da desmancha”, acrescenta.
Após um longo período de estiagem, que inviabilizou o cultivo da mandioca, esse ano os agricultores estão animados com a safra. 

“A safra estar rendendo, estar dando um produto bom e nos estamos esperando que melhore o preço também, e as chuvas colaborou bastante para colher um bom produto”, disse Luís Epifânio.

O preço da saca de goma da mandioca de 50 kg varia entre R$ 250,00 e R$300,00.

O beneficiamento da mandioca vai além de uma simples atividade da roça, a farinhada é um momento de encontro e reencontros, onde as famílias trabalham juntas e fortalecem os laços de amizade.








Família Martins mantém tradição da farinhada Família Martins mantém tradição da farinhada Reviewed by Adailson carvalho on 3.8.19 Rating: 5

Nenhum comentário

Feat