Piauiense é morta a tiros em São Paulo

A piauiense Camilla Barros foi vítima de feminicídio no escritório em que trabalhava no Jardim Chapadão, em Campinas, São Paulo. O crime ocorreu por volta das 19h, dessa sexta-feira (03). O autor do assassinato foi apontado como o ex-namorado Luiz Pereira que fez um post nas redes sociais anunciando o crime e na sequência matou a ex-companheira e tirou também a própria vida.


Camilla Barros foi morta no escritório em Campinas, São Paulo. (Foto: Reprodução)
Camilla era natural de Parnaíba-PI e morava em São Paulo. Os dois tiveram um relacionamento por dois anos e haviam terminado há cerca de três meses. O crime teria ocorrido porque o ex não aceitava o fim do namoro.
Momentos antes do crime, ele fez um longo post no Facebook onde relata o início do namoro, cita que andava com uma arma na cintura e fazia tratamento contra depressão. No fim da mensagem ele diz:  “Eu nunca tinha visto uma pessoa tão ingrata na minha vida. Uma pessoa dessas merece morrer”.

Foto: Reprodução Facebook

De acordo com sites locais, a piauiense foi assassinada com três disparos de arma de fogo. Já o suspeito se feriu com dois tiros e foi socorrido com vida, mas morreu.

Pelas redes sociais, amigos e familiares lamentam a perda da jovem. Ela deixa um filho de nove anos, de um outro relacionamento. O velório e sepultamento ocorrem em Campinas, onde ela residia atualmente e tem parentes próximos como mãe e irmã.

Fonte: Cidadeverde.com




Piauiense é morta a tiros em São Paulo Piauiense é morta a tiros em São Paulo Reviewed by Canabrava News on 5.1.20 Rating: 5

Nenhum comentário

Feat