No dia com recorde de testes realizados, o Piauí registrou aumento do número de casos de Covid-19 e a quinta morte de paciente infectado pelo novo coronavírus.

Foto: Governo do Piauí

O balanço divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi), na noite desta terça-feira (7), trouxe o resultado de 126 exames: 121 foram descartados e 5 confirmados. Outros 211 casos seguem sendo investigados.



O quinto óbito foi de um paciente de Teresina. A Sesapi inicialmente informou se tratar de um homem de 65 anos, sem divulgar identidade. Uma hora depois, durante debate ao vivo na internet com o ex-presidente Lula, o governador Wellington Dias (PT) informou que um primo do senador Ciro Nogueira (Progressistas) faleceu nesta terça-feira vítima de coronavírus. Em seguida, o Governo do Estado confirmou ao Cidadeverde.com que a vítima é o empresário Manoel Nogueira Neto, presidente do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis do Piauí (CRECI/PI).

Foi a terceira morte na capital - um casal de idosos havia falecido na semana passada. As outras duas mortes foram de um empresário de Parnaíba e do prefeito de São José do Divino, Antonio Felícia (PT).

Foi em São José do Divino que surgiram outros dois casos confirmados, nesta terça-feira: uma mulher de 45 e outra de 48 anos. Também testaram positivo uma mulher de 31 anos em Teresina e um homem de 65 anos em Piracuruca - segundo caso do município.

O número de resultados de testes triplicou no comparativo com a média da semana passada. Isso ocorreu depois da decisão de ampliar o funcionamento do Laboratório Central de Saúde Pública do Piauí (Lacen-PI) durante 24 horas.

No fim de semana, o estado recebeu cerca de 8 mil testes rápidos enviados pelo Ministério da Saúde, material que foi distribuído para hospitais de referência em todo o Piauí. Caso o teste rápido dê positivo, o Lacen fará a contraprova.

Fonte: Cidade Verde

Comente




Postagem Anterior Próxima Postagem