Colégio Santa Rita. Foto: Reprodução

O Colégio Santa Rita de Picos ficou em 1º LUGAR no Exame Nacional do Ensino Médio – Enem 2019, no interior do Piauí. A escola da rede privada que alcançou média 624,79 pontos. O ranking leva em conta a participação a partir de 30 alunos da instituição.

Os dados são do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), divulgados em atendimento às diretrizes da política de dados abertos e à demanda por informações específicas sobre os exames.

Fonte: INEP
Na rede pública estadual, a escola com melhor média no Piauí foi  Centro de Ensino de Tempo Integral João Henrique de Almeida Sousa, localizada no bairro Morada Nova, em Teresina. A média dos alunos da unidade foi 620,44.

No Piauí o Instituto Dom Barreto ficou em 1º lugar no estado e em 7º lugar no ranking nacional, com média de 727,85 pontos.

No ranking estadual o Instituto Dom Barreto, Colégio CEV - Unidade Jockey -  e Colégio Sagrado Coração de Jesus tiveram, nesta ordem, as melhores médias do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), Edição 2019, no Piauí.

O Colégio CEV/Unidade Jockey, com a 35º melhor média do Brasil e a segunda do Piauí, alcançou média de 717,05 pontos. O Colégio Sagrado Coração de Jesus, terceiro no estado, registrou média de 716,44 pontos, ficando com a 42º colocação o ranking nacional.

A sinopse estatística do Enem 2019, divulgada hoje, apresenta tabelas com informações organizadas sobre número e perfil dos inscritos, inclusive com distinção para egressos, concluintes e cursistas. Também estão disponíveis dados sobre fatores de contexto, apurados pelo questionário respondido no ato da inscrição, além do desempenho em cada área do conhecimento.

Os microdados contém o menor nível de desagregação dos dados, com informações gerais sobre a realização das provas, a caracterização do participante, a escola que declarou ter frequentado e as notas das provas objetivas e de redação. Entre os materiais de apoio para acesso dos usuários, há um dicionário que contém algumas variáveis contidas nas bases de dados.

Com informações do Inep

Comente




Postagem Anterior Próxima Postagem