Carga foi apreendida na cidade de Oeiras. (Foto: PRF)


Na tarde desta segunda-feira, (01) agentes da Policia Rodoviária Federal realizaram a apreensão de 23,00 m³ de madeira serrada que estava sem a devida documentação ambiental válida. Os policiais identificaram o crime ambiental, na cidade de Oeiras/PI, na BR 230, na tarde de ontem (01), ao abordar o caminhão conduzido por um homem de 32 anos. A madeira daria pra construir 15 casas populares.

Os agentes solicitaram ao condutor que apresentasse toda a documentação necessária para transporte de produtos de origem florestal. O condutor apresentou todos os documentos ambientais que possuía e informou que a carga era produto da atividade de reflorestamento.

A equipe detectou que a empresa não possuía autorização do IBAMA para a execução da atividade de reflorestamento, desta forma, o respectivo carregamento estava sem a devida documentação ambiental, comprovando o crime - PRF

A carga vinha de Moju/PA e tinha como destino a cidade de Feira de Santana/BA, de acordo com informações colhidas e está avaliada em R$ 1.840,00.

A Empresa Proprietária do veículo e da carga foram enquadradas no Art. 46 da Lei Nº 9.605/98 de crimes ambientais.

A carga de madeira, o veículo e o condutor encontram-se na Unidade Operacional da PRF na cidade de Picos/PI a disposição do IBAMA, para os procedimentos cabíveis. O condutor poderá responder por Crime Ambiental.


Fonte: Portal da PRF

Comente




Postagem Anterior Próxima Postagem