Estado chegou a registrar 192 mortes em uma semana, no mês de maio, e quase a metade na última semana de agosto. 

 Foto: Divulgação/Sesapi

O estado do Piauí registrou na última semana – entre 23 e 29 de agosto, a menor quantidade de óbitos causados pela Covid-19 das últimas 12 semanas. Segundo o boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), foram registrados 101 óbitos nesta 35ª semana, a menor quantidade desde o pico de mortes na semana 27, quando 192 pessoas morreram e o menor das últimas 12 semanas, quando foram registrados 78 óbitos na semana 23.

A redução de óbitos, de acordo com a Sesapi, é um dos critérios que a Organização Mundial de Saúde (OMS) considera para indicar possível controle da pandemia.

“Encerramos a semana com um pouco mais da metade do número de óbitos que tínhamos há quatro meses. Claro que ainda é muito e cada vida ceifada é uma perda sem precedentes, mas se olharmos pelo outro lado, é uma queda significativa e mostra o resultado de uma boa rede de saúde e das articulações realizadas para barrar o avanço da Covid-19”, disse o governador Wellington Dias (PT).

Ele falou ainda sobre a redução nos leitos de UTI e clínicos para tratamento de pacientes com a Covid-19 no estado.

O índice de ocupação de leitos de UTI também segue caindo: atualmente, dos 455 leitos existentes, 221 estão ocupados, bem abaixo do pico, alcançado em 5 de julho, quando 330 leitos estavam ocupados, 75% do total.

Dos leitos clínicos, 49,3% (395 leitos) estão ocupados e 50,7% (406 leitos) estão disponíveis. Já, dos leitos de estabilização, 8,1% (5 leitos) estão ocupados e 91,9% (57 leitos), estão disponíveis.

Contudo, ele mais uma vez fez um pedido à população, para que as pessoas continuem mantendo os cuidados e garantindo a manutenção nas reduções de casos e óbitos no Piauí relacionados ao novo coronavírus.

“Quero agradecer e fazer um pedido e um alerta, vamos seguir usando máscaras, mantendo a higienização, distanciamento, isolamento social e com isso continuar a salvar vidas no Piauí”, declarou.

Fonte: G1 Piauí 

Comente




Postagem Anterior Próxima Postagem