Em homenagem ao Dia do Piauí, a Ambev recebeu a imprensa piauiense na Cervejaria Teresina, para apresentar a Berrió do Piauí - uma cerveja inspirada na identidade e tradições do povo piauiense. A bebida, que leva na sua composição o caju produzido no Estado, é uma novidade que promete refrescar os dias quentes do Piauí.

Cerveja de caju. Foto: Divulgação 

O nome foi escolhido para lembrar a expressão típica do Piauí - Berrió-BRÓ - período mais quente do ano no estado. “A Berrió tem o sol do Piauí até no rótulo e nasce com a vocação de despertar o orgulho do piauiense”, destaca o gerente de marketing de Berrió, Leandro Thot. Com a embalagem em amarelo e preto, a cervejaria homenageia as cores do caju, do sol e representa a alegria do povo piauiense.

Leandro conta ainda que, durante a fase de planejamento, foram realizadas centenas de entrevistas para entender a relação do piauiense com a cerveja.

“Entrevistamos especialistas de diversas áreas para aprofundamento na cultura local e recrutamos piauienses para avaliar a marca e o produto. O time Ambev Piauí esteve presente em 100% do processo”, revela o gestor.

O processo de produção da nova cerveja é feito no Piauí

“A Berrió é uma cerveja piauiense do campo ao copo. O caju é produzido por agricultores locais, e a produção da cerveja acontece na Cervejaria Teresina”, explica a piauiense Lanessa Vieira, supervisora de Agro da AMBEV e uma das responsáveis pela implantação do projeto.

“A produção da nova cerveja movimenta a economia do Estado e gera expectativas na cadeia produtiva do caju”, explica Lanessa. A AMBEV comprou na última colheita, mais de 240 toneladas de caju, de produtores da agricultura familiar de cinco municípios - Monsenhor Hipólito, Francisco Santos, Campo Grande do Piauí, Canto do Buriti e Pio IX - por meio da Cooperativa Mista Agroindustrial de Francisco Santos, Cooperativa Mista Agroindustrial de Monsenhor Hipólito e Assentamento Nova Esperança de Pio IX.


Atualmente o projeto envolve 1.400 pessoas, entre produtores, colhedores, ajudantes de carregamento e descarregamento e transportadores. Ao todo são mais de 600 famílias impactadas positivamente pela produção local. A expectativa é chegar a 4 mil pessoas até 2025.

Assim como todas as cervejas da Ambev, a Berrió passa por rígidos critérios de controle e qualidade. A comercialização da Berrió será exclusiva no Piauí, em garrafas retornáveis e em latas. A nova cerveja estará disponível no mercado a partir de novembro nos principais bares e mercados do Estado.


Fonte e fotos: Ascom

Comente




Postagem Anterior Próxima Postagem