A secretaria de Educação de São Luís do Piauí realizou neste sábado, 22 de maio, um encontro de formação dos professores e equipes gestores das escolas para preparação do Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB).
Professores participam de encontro de formação. Foto: Ascom
 

A formação foi realizada na Unidade Escolar Padre Marcos de Carvalho, contando com a presença da secretária municipal de educação, Solidade Sales; equipe pedagógica; professores; diretores e secretários (as) de escolas.

“A formação tem o intuito também de minimizar os desafios impostos pela pandemia e nos munir cada vez mais de esperança é entusiasmo, pois a educação não pode parar. O objetivo é oferecer aos professores um trabalho mais intensificado, renovando às práticas pedagógicas, estudando mais e buscando novas estratégias de ensino para que possamos preparar cada vez mais nossos estudantes para que possam ter bom desempenho nas avaliações do SAEB”, disse a secretária Solidade Sales.

De acordo com a secretária, os encontros acontecerão mensalmente, sendo este o primeiro, com duração de 08 horas. A formação foi ministrada pelas professoras Verônica Cavalcante e Jussara, da cidade de Simões.

Acolhida, dinâmicas de motivação, formação e oficinas fizeram parte da programação do evento, que contou com total apoio da prefeita Kelsimar Abreu.


SAEB

O Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) é um conjunto de avaliações externas em larga escala que permite ao Inep realizar um diagnóstico da educação básica brasileira e de fatores que podem interferir no desempenho do estudante.


Por meio de testes e questionários, aplicados a cada dois anos na rede pública e em uma amostra da rede privada, o Saeb reflete os níveis de aprendizagem demonstrados pelos estudantes avaliados, explicando esses resultados a partir de uma série de informações contextuais.


O Saeb permite que as escolas e as redes municipais e estaduais de ensino avaliem a qualidade da educação oferecida aos estudantes. O resultado da avaliação é um indicativo da qualidade do ensino brasileiro e oferece subsídios para a elaboração, o monitoramento e o aprimoramento de políticas educacionais com base em evidências.

Fonte: Ascom


Comente




Postagem Anterior Próxima Postagem