Uma cadela foi resgatada depois que teve parte dos dentes arrancados e quebrados, na cidade de Picos, no Sul do Piauí. O tutor da cadela foi preso na última sexta-feira (9) e levado para a delegacia, onde confessou o crime e afirmou que cometeu para castigá-la por ter atacado uma galinha. A cadela foi adotada depois de passar por tratamento veterinário.

Cadela recebeu o nome de Esperança. Foto: Apapi. 

A denúncia foi feita pela Associação dos Protetores de Animais de Picos (Apapi). Segundo a gestora da ONG, Sanya Elayne, um vídeo que mostrava a cadela tendo os dentes arrancados circulou na redes sociais.

Na noite de sexta-feira (9), representantes da ONG foram até a casa do homem, acompanhados pela Polícia Militar. Ao ver a situação da cachorra, os policiais decidiram deter o tutor e levá-lo para a delegacia de Picos.

Na delegacia, o homem confessou o crime e afirmou que arrancou os dentes da cadela como punição, por ela ter matado uma de suas galinhas. O homem passou o final de semana preso na delegacia, e foi solto na manhã desta segunda-feira (12), após pagar uma fiança.

Depois de passar por tratamento, a cadela foi levada para uma nova família, e recebeu o nome de Esperança. “Agora ela está com uma família responsável, que já se apaixonou por ela. Paparicada ela vai ser, e muito!”, disse a protetora.

Durante o final de semana, os representantes da ONG voltaram à casa do homem para alimentar os demais animais dele. Segundo Sanya, ele é um pequeno agricultor que cria outros cachorros, galinhas, cavalos. Segundo ela, os outros animais não sofreram maus-tratos.

“Como ele não tinha condições de pagar uma fiança alta, fizemos um acordo de ele permitr que a gente faça visitas para fiscalizar os animais, e ele arcar com os custos do tratamento da cadela”, contou Sanya.

Fonte: G1 Piauí 

Comente




Postagem Anterior Próxima Postagem