O que era para ser um domingo de lazer na Barragem de Bocaina, no interior do estado, se transformou em pesadelo para família da Cirlandia. No fim da tarde de ontem, o irmão dela, o autônomo Ecilandio dos Santos Silva, de 32 anos, desapareceu nas águas do açude.

Barragem de Bocaina. Foto: Antonio Rocha 

De acordo com Cirlandia, o irmão dela estava bebendo em uma casa que fica próximo a Barragem e teria descido para margem do açude, desde então não foi mais visto.

O corpo de Bombeiros foi acionado e fez uma varredura no local, mas como não tem mergulhadores no efetivo de Picos, uma equipe precisou ser deslocada de Teresina, o que atrasou o início das buscas, que só foram reiniciadas no começo da tarde desta segunda-feira, 21.

O local onde Ecilandio foi visto pela última vez é cercado por pedras e fica a cerca de três quilômetros da orla que é frequentada por turistas. Até o fechamento desta reportagem o corpo do autônomo ainda não havia sido localizado.

Segundo dados da corporação, de janeiro a novembro deste ano seis pessoas morreram vítimas de afogamento na região de Picos, o número é o dobro das mortes registradas no ano passado.

Comente




Postagem Anterior Próxima Postagem