Por morte de ex-prefeito, delegado é demitido da polícia

O delegado da Polícia Civil, Bernardone do Valle, condenado pelo assassinato do ex-prefeito de Aroazes, Manoel Portela, foi expulso dos quadros da corporação. O ato de demissão assinado pelo secretário de Segurança, Chico Lucas, foi publicado no Diário Oficial do Estado, dessa sexta-feira, 31.

Delegado Francisco Bernardone. Foto: Reprodução.


O clima político tenso, na década de 90, em Aroazes, terminou com o assassinato do então prefeito Manoel Portela. Ele foi morto na capital, Teresina, logo após derrotar na urnas, o servidor público, Manoel Raimundo, irmão de Bernardone.

Após o crime, Bernardone do Valle chegou a ser eleito prefeito de Aroazes. Mas já em 2010, ele acabou condenado a 15 anos de prisão pelo assassinato do ex-prefeito.

Atualmente, o município é comandado por Manoel Portela Neto, que como o nome já indica, é neto do prefeito assassinado em 1996.

Fonte: Portal Clube News

Postar um comentário




PUBLICIDADE