Criança foi trazida para o Hospital Regional Justino Luz. Foto: Canabrava News

Uma criança de nove anos de idade morreu na cidade de Fronteiras, a 410 km da capital Teresina, após ser baleada na cabeça enquanto tentava fugir para dentro de casa, junto com o pai, de disparos de arma de fogo.

Segundo a Companhia Militar de Fronteiras, o menino chegou a ser socorrido no hospital da cidade, mas não resistiu e morreu no Hospital Regional Justino Luz, em Picos, noite de segunda-feira (25).

O crime aconteceu no bairro Mutirão, Zona Urbana de Fronteiras. Os tiros, de acordo com a polícia, tinham como alvo o pai da criança, que já havia escapado de uma tentativa de homicídio. O autor dos disparos e ele possuíam uma rixa – motivo ainda não identificado.

De acordo com o capitão Gilson Medeiros, comandante da 4° Companhia de Fronteiras, dois homens em uma motocicleta efetuaram quatro disparos de arma de fogo contra o pai da criança. Juntos, pai e filho correram para dentro de casa, porém um dos disparos acertou a cabeça da criança.

O pai do menino não foi atingido e detalhou como tudo aconteceu.

“A vítima disse aos policiais não ter dúvidas quanto a autoria do crime, pois reconheceu quem atirou, afirmando ainda que viu o rosto dele quando desceu da motocicleta, contudo, na ação não conseguiu identificar o piloto da moto, pois o mesmo não desceu do veículo”, narrou o capitão Gilvan.

O autor do crime foi preso pela Força Tática de Fronteiras. Em 2017, ele também havia sido preso suspeito de participar de roubos a ônibus na cidade e na sua residência, à época, um mandado de busca e apreensão encontrou drogas e munições de uso restrito.

“De posse das informações os polícias da Força Tática, fizeram diligências e conseguiram capturar o infrator ainda na sua residência em Fronteiras, onde o mesmo posteriormente foi apresentado na delegacia e foi autuado”, completou o capitão Gilson.

A Polícia Militar segue em diligências para capturar o piloto da motocicleta.

G1 PI

Comente




Postagem Anterior Próxima Postagem